04.12.2019 - 03:28

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Azevêdo condena “arroubos do PSB” e anuncia que até o final do ano se filiará a um novo partido

João negou que haja uma programação para promover exonerações na equipe e descartou a necessidade de acomodar “aliados fieis”.



Ao ser informado do teor da nota emitida pelo PSB a propósito de sua desfiliação, anunciada no início da tarde de hoje, o governador João Azevedo afirmou que o texto era “raivoso” e que a legenda deveria explicações à Paraíba a respeito da motivação para dissolver o diretório estadual, à época comandado por Edvaldo Rosas.

“É mais um ato raivoso que sai. As coisas não são dessa forma. O povo da Paraíba sabe que durante todo esse ano nunca houve uma atitude minha assim. As pessoas têm que explicar porque fizeram a dissolução da executiva e do diretório, mas isso são águas passadas. A vida segue”.

João negou que haja uma programação para promover exonerações na equipe e descartou a necessidade de acomodar “aliados fieis”.

Até o fim de dezembro, o governador garantiu que anunciará seu novo partido.

Escute o áudio


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

O Mundo é Uma Cabeça - Chico Science e o Mangue Beat

O Mundo é Uma Cabeça - Chico Science e o Mangue Beat


PARRÁ CONTA SUA HISTÓRIA, COM HUMOR

PARRÁ CONTA SUA HISTÓRIA, COM HUMOR


ver todos os vídeos

Mais lidas