06.12.2019 - 03:43

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Deputada Camila Toscano não aceita que oposição se uma ao ex-governador Ricardo Coutinho

Coutinho disse que diante desse novo cenário não vê problemas em buscar conversar com outros lados políticos, inclusive em municípios que não lhe apoiaram durante a gestão.



O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) afirmou, na noite desta quinta-feira (05) durante uma entrevista coletiva em Sousa, no Sertão do Estado, que não descarta a possibilidade de abrir diálogo com a oposição após romper politicamente com o governador João Azevêdo (sem partido).

Coutinho disse que diante desse novo cenário não vê problemas em buscar conversar com outros lados políticos, inclusive em municípios que não lhe apoiaram durante a gestão.

Em contato com o programa Hora H, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Wallison Bezerra, a deputada estadual Camila Toscano (PSDB) disse que não tem interesse em fazer contato com Coutinho.

“Ele não me mostra confiança. Na minha porta ele pode bater, mas eu não abro”, pontuou.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

O Mundo é Uma Cabeça - Chico Science e o Mangue Beat

O Mundo é Uma Cabeça - Chico Science e o Mangue Beat


PARRÁ CONTA SUA HISTÓRIA, COM HUMOR

PARRÁ CONTA SUA HISTÓRIA, COM HUMOR


ver todos os vídeos

Mais lidas