30.08.2019 - 20:56

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Números: Pesquisa aponta que brancos ganham mais do que negros em João Pessoa

A pesquisa usa dados demográficos do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010.



Homens ocupam 57,7% dos cargos de direção em João Pessoa, de acordo com uma pesquisa realizada pela SmartLab, enquanto as mulheres ficam com os 42,3% das funções. Dados também apontam que 25 mil pessoas realizam estão ocupadas como trabalhador doméstico e apenas 40,1% desses têm as carteiras de trabalho assinadas.

A pesquisa usa dados demográficos do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010.

O levantamento mostra que mulheres chegam a ganhar R$215 a menos do que os homens na capital. Enquanto no ano de 2017 a média salarial de mulheres no setor formal era de R$2.652, os homens recebiam cerca de R$2.867.  As informações são baseadas em dados oficiais da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2017 (a mais atual disponível).

Quando classificadas as diferenças de remuneração pelo sexo e cor, os dados apontam que o homem branco recebeu, em 2017, uma média de R$2,4 mil e o negro, R$1,7 mil. Já a mulher branca, segundo a pesquisa, tinha uma média de rendimento mensal de R$2,2 mil e a negra recebia R$1,6 mil ocupando o mesmo cargo.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

O Mundo é Uma Cabeça - Chico Science e o Mangue Beat

O Mundo é Uma Cabeça - Chico Science e o Mangue Beat


PARRÁ CONTA SUA HISTÓRIA, COM HUMOR

PARRÁ CONTA SUA HISTÓRIA, COM HUMOR


ver todos os vídeos

Mais lidas